CifrAdventista.com

Adoradores 3 – Nas Mãos do Oleiro

[Intro] |  Em7  |  C  |  G  |  D4  | 2x

        Em7  C         G  D
Em tuas mãos   eu sou pó
         Em7  C        G
Nenhum valor,   barro sou
 Am               C              G           D/F#
Quem sou eu pra questionar tuas mãos a me moldar?
Am          C           D
Tu és Deus, artesão de mim

     G               D/F#  Em7
Nas mãos do oleiro, me entrego inteiro
Em/D  C9               Dsus4  D
pra   ser quebrado e refeito
     G           D/F#  Em7
Nas mãos do oleiro sou restaurado
G/D  C9          Dsus4  D
pra  ser um novo va -  so

(  Em7  C9/E  G/D  D  )

        Em7  C         G  D
Em tuas mãos   eu sou pó
         Em7  C9       G
Nenhum valor,   barro sou
Am               C               G           D/F#
Quem sou eu pra questionar tuas mãos a me moldar?
Am          C9          Dsus4 D
Tu és Deus, artesão de mim

     G               D/F# Em7
Nas mãos do oleiro, me entrego inteiro
G/D  C9              Dsus4  D
pra ser quebrado e refei - to
     G             D/F# Em7
Nas mãos do oleiro sou  restaurado
G/D  C9          D    E
pra  ser um novo va - so
     A              E/G#  F#m7
Nas mãos do oleiro, me entrego inteiro
A/E  D9               Esus4  E
pra  ser quebrado e refei  - to
     A             E/G#  F#m7
Nas mãos do oleiro sou   restaurado
A/E  D9          E4  E  E4  E
pra  ser um novo vaso

(calmo)

     A              E/G#  F#m7
Nas mãos do oleiro, me entrego inteiro
A/E  D9               Esus4  E
pra  ser quebrado e refei  - to
     A             E/G#  F#m7
Nas mãos do oleiro sou   restaurado
A/E  D9          E4  E   A
pra  ser um novo vaso
%d blogueiros gostam disto: